Stifler Kallahari - Eu Sou Aquele

BAIXAR

Se liga inimigo bolado otário, que eu vou te jogar no poço 
vou te falar que se conspirar, te amarro e te corto o pescoço
prazer sou Kallahari, quem fecha comigo é LaMafia
o invejoso critica minhas rimas teclando os malabares

No supino tomei de assalto. Veia dilatada é fácil?
Comentários de otários nunca me deixa pra baixo
na barra eu pego meu peso dobrado é foda e os manos me ajuda
os deputados é igual as bomba, prometi mas nunca se iluda

sempre honrarei minha raça, sou o fantasma da mafia!
Você quer? Então tenha fé. Eu nunca disse que essa porra é fácil.
Eu sou o Halloween dos ogros, minha mina é mafiosa,
puxando o bonde das vaidosas.

(Refrão)

Eu sou aquele que não revesa o aparelho com você
Sou aquele Freddy Krueger que manda tu se foder
Eu sou aquele que ao me ver seu coração diz pare (dispare)
Prazer filho da puta eu sou Stifler Kallahari 2x

Te jogo no fundo do poço, 
é hora do almoço, mastigo seu fígado sem esforço
seu rosto cheio de mordida de cachorro,
“tô” louco, sente a fissura do meu soco

pense o que quizer do meu estilo de vida
sou louco, canibal mas eu não sou suicida
homicida se encaixa melhor no meu perfil
meu rap radioativo é gravado em chernobyl

coração “tá” na garganta, ao me ver tu se espanta
minha mina dá risada enquanto o Stifler te espanca
em banca de suplemento nego joga a pro alto
ao me ver de toca ninja já sabe que é voz de assalto.

Olhou pro cano da pistola, tremeu mais que gelatina
porra guarda esse dinheiro só quero as proteínas
não testa a minha fé que meu dedo ta nervoso.
Cadê seu segurança que paga de corajoso?

Seu frango, maldito, invejoso,
sabe que não “guenta” mesmo chamando reforço
tenta ser corajoso mas tu sabe que é medroso
o cheiro do seu medo já me faz pensar no gosto. (Kallahari)

(Refrão)

Eu sou aquele que não revesa o aparelho com você
Sou aquele Freddy Krueger que manda tu se foder
Eu sou aquele que ao me ver seu coração diz pare (dispare)
Prazer filho da puta eu sou Stifler Kallahari 2x

Eu sou aquele sem carcaça esnobado no colégio
o moleque sem carcaça destrói seus previlégios
eu o ódio de alguns que você critica rindo
sou o fantasma mascarado te assombrando no supino

assistindo “O Chamado” a Samara sai da TV
me pedindo um treino foda, querendo desenvolver
Samara Morgan não é mais protagonista
com Stifler Kallahari virou fisiculturista.

As mágoas da minha infância sai no cano da minha doze
em confronto com a vadia chamada Emily Rose
ela me causava insônia quando eu era moleque
agora eu perturbo ela cantando esse meu rap.

(Refrão)

Eu sou aquele que não revesa o aparelho com você
Sou aquele Freddy Krueger que manda tu se foder
Eu sou aquele que ao me ver seu coração diz pare (dispare)
Prazer filho da puta eu sou Stifler Kallahari 2x

Olha, disfarça, pira na carcaça, 
sei que sou assim, sigo a minha raça
então vê se afasta de toda essa dor
Kallahari se tornou seu grito de horror

(ÔOOW!!! hahahahaaaaaha)
Olha, disfarça, pira na carcaça, 
…sigo a minha raça (Ta achando que é fácil né véi?)
…toda essa dor (Vai vendo)
sou seu grito de horror 
(Sou seu grito de terror, Yêh! Vai vendo… arram..
A mafia é unida! Tamojunto vagabundo vai vendo)

Faça seu comentário :)

comments

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest