LetoDie - Não Vou Te Ver Amanhã (CLIPE OFICIAL)

Letra:

Mergulhado no poço da dor, não, não é sua culpa amor,
Eu que tenho usado o pavor como desculpa
Com tanto pra dizer, mas com ninguém pra ouvir
Sem força, pescoço na forca foi tudo que eu consegui

E ai, eu tentei, sim, juro que eu tentei
Fazendo de tudo por todos aqueles que mais amei
Por Deus, me importei, mataria por você
Tudo o que eu mais queria era não te ver sofrer

Tão longe de tudo, num lugar frio e escuro
Os muros me sufocam, nem sei mais o que é ar puro
Mesmo com o coração duro, não consigo esquecer
Só queria uma chance de ser quem eu quero ser

Mas ninguém pode salvar um futuro sentenciado
Não adianta orar, se ninguém ouve do outro lado
Afogado em pecado, com tudo desmoronando
Me sinto morto por dentro, mas ainda respirando

O som do silencio afaga meu coração
As memórias de nós dois apagam minha aflição
Sinto sua respiração, justificando o porque
Deitado, imaginando o futuro que não vou ter

Amor, o mundo não é justo e eu sei
Juro, o plano era envelhecer com você
E eu que nunca levei fé em céu, anjos pra guardar
Realmente agora espero que exista alguém por lá

Não chore quando eu for, não
Eu vou estar aqui sempre
Mas por favor entenda, então
Que os melhores sempre morrem pelas suas próprias mãos (2x)

E o concerto não cobre o dano
Como que vou viver longe daqueles que eu amo?
É impossível, sinto meu peito arder
Mau agouro, choro, frio, algo vai acontecer

Talvez o maior erro que já tenha cometido
Não sabia quem amava até que os tenha perdido
E agora tudo faz sentido, calma, é só o carma
Camisa ensanguentada, só mais suja que minha alma

Sempre mantendo a máscara, bancando o indestrutível
Quem sabe se eu tivesse sido um pouco mais sensível
Mas era impossível, sempre fui desatento
Agora daria tudo pra poder voltar no tempo

Tudo desvanecendo e não dá pra voltar atrás
O céu escurecendo, sinto que é tarde demais
Sem alento, isolado, caminhando com as trevas
É, eu estava errado, meu coração não é de pedra

Não chore quando eu for, não
Eu vou estar aqui sempre
Mas por favor entenda, então
Que os melhores sempre morrem pelas suas próprias mãos (2x)

Eu me importei mais que tudo nessa vida
Sabe, eu acho que esgotei as tentativas
E quanto mais tentei ver, mais me sentia cego
Será que você pode me ouvir enquanto rezo?

Como na última ceia, nas veias o sangue ferve
Imagino mil motivos pra desistir, mas não servem
Penso em nós a sós, das promessas que eu fiz
Já não mais me importa como vou sair daqui

Por favor não sinta pena, culpa ou ódio também
Fala pra minha pequena que tudo vai ficar bem
Nem por um segundo chore ou se sinta mal
Tudo vai fazer sentido quando chegar no final

Eu nunca quis me afogar no próprio sangue
E agora meus planos já não são mais relevantes
Mas só existe um jeito de manter minha alma sã
Desculpa amor, eu não vou te ver amanhã

Faça seu comentário :)

comments

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest